,.-~*-.¸-(_Family Carneiro_)-,.-~*´

Vamos falar da Alegria

Posted on: 7 de abril de 2010

* Pastor Teófilo Karkle

Para falar de alegria, precisamos de uma especialista nesta área. Conhecendo Deus, posso com muita humildade abordar esse empolgante tema, pois foi Ele quem me deu um ministério precioso, inovador, e as especializações vieram diretamente do Espírito Santo. Minha formação vem da “Universidade da Adversidade”. Aprendi primeiro, hoje posso ensinar. Minhas teses vêm do texto da segunda carta aos Coríntios 1: 3-5:

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação; Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus. Porque, como as aflições de Cristo são abundantes em nós, assim também é abundante a nossa consolação por meio de Cristo”.

Vamos fazer todo o Brasil conhecer o “modus operandi” de satanás na revelação feita por Jesus Cristo num texto tão conhecido como João 10:10:

“O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”.

Roubar é a atividade número um dele, ainda que, avisando o povo de Deus a respeito disso, ele se camufle. Ele gostaria muito de dizer que “mudou” também neste tempo de mudanças. Alguns pregadores equivocadamente chegam a dizer que ele agora está usando “sapatinho de algodão”, porque entra e sai sem fazer barulho. Quero revelar algo novo: seus pés e seus passos são horríveis e ele não consegue ficar camuflado e em silêncio como imaginam. Isso porque quando mencionamos o precioso nome de Jesus, sempre cai a sua máscara. Ele sempre é expulso. Seu silêncio se torna um estrondo. Não queremos papo, nem conversa, nem queremos ouvir as suas mentiras. Ele nem precisa fazer aquela algazarra toda para obedecer.

Para falar da alegria, que é o segundo elemento dentro do fruto do Espírito (Gálatas 5:22) precisamos falar que satanás vive dissimuladamente roubando a alegria do povo, inclusive do povo de Deus. Ele não ocupa a alegria roubada para nada, pois não se encaixa dentro de seu perfil. No seu estilo de atuação sempre transparece sua chocarrice, chacota, deboche, zombaria, sarcasmo, ironia, gozação. Porque alegria ele não sabe usar. O seu propósito é ver o ser humano arrasado, triste. Ah! E o que ele mais consegue quando rouba a alegria é roubar a força. Sem força, sua vítima torna-se fraca.

Fraco?! Sim! Porque ele também conhece o texto sagrado, o qual na verdade produz o que ele diz: “A alegria do Senhor é a nossa força”(Neemias 8:10). Ele não vai se meter com alguém que está forte, pois sabe que vai levar a pior. Desde sempre, mas especialmente em uma das jornadas de Israel pelo deserto (Números 33) ele atacou os fracos e cansados que iam ficando para trás. Deuteronômio 25: 17 e 18:

“Lembra-te do que te fez Amaleque no caminho, quando saías do Egito; Como te saiu ao encontro no caminho, e feriu na tua retaguarda todos os fracos que iam atrás de ti, estando tu cansado e afadigado; e não temeu a Deus”. Então quando você está alegre você está forte. Quando você pedir em oração força a Deus, Ele te dará alegria.

Qualquer um pode usar o “Termômetro da Alegria” para medir a força. É muito notável uma pessoa alegre. E é muito notável também a ausência da alegria numa pessoa. Tem outra coisa ainda pior que é viver oscilando entre graus de alegria e graus de pena. Lamento dizer, mas tem muita gente tomando remédio para dormir, tem muita gente assistindo comédia para rir. Tem muita gente tomando energéticos para recobrar a vitalidade. Tem muita gente pregando a depressão. Pregando?! Sim, falando muito dela, dando muita importância, a criando como um tigrezinho de mascote e satanás dando risada. Roubando a alegria, ele consegue colocar a depressão e seus derivados irritantes: a chatice, a crítica, o desânimo. E nesse estado, a vítima fica propensa a blasfemar, duvidar e negar.

Quando um cachorro toma um sapato de couro para morder, enche de furos, tira pedaços fora. Não será possível restituir esse sapato. Não é bíblico colocar remendo novos sobre panos velhos (Lucas 5:36). Ficaria esteticamente ridículo esse sapato cheio de remendos. No caso da alegria, estamos autorizados por Deus a não fazer um remendo, mas colocar algo novo. O mesmo Espírito Santo que estava sobre Jesus, agora está sobre mim para ministrar através deste material a troca. Tiraremos agora, em nome de Jesus, a cinza, e te daremos uma coroa de glória. Tiraremos também a tristeza e te daremos óleo de gozo. Essa troca inclui também mudar esse espírito angustiado por vestes de louvor, a fim de que seja glorificado (Isaías 61:3).

As cinzas falam de algo que passou, morreu, terminou. São as lembranças. Muitas delas doloridas, amargas, difíceis. Mas o óleo de alegria é a pessoa do Espírito Santo, causador e mantenedor de toda alegria. Ao terminar de ler este artigo, mãos à obra. Não espere outro mês chegar. Comece agora a sentir a alegria do Senhor. Comece a tirar agora esse trapo chamado tristeza e te vistas deste manto chamado ALEGRIA.

* Pastor Teófilo Karkle é o fundador do Centro de Alegria – ministério que pretende estabelecer um centro em cada capital do Brasil. Você pode visitar o site: www.centrodealegria.com.br e/ou escrever um e-mail ao autor: centrodealegria@hotmail.com. Convites para Ministração da Alegria no fone: (49) 3229-3791 – Lages-SC.

Fonte: REVISTA PALAVRA DE PAZ – ANO 2 – N. 21 – PG. 14 e 15.

ASSINATURAS: revista@palavradepaz.com.br

Acesse o site: www.palavradepaz.com.br e SEJA UM AJUDADOR!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: